A CPA

No ano de 2009, foi criada a CPA (Comissão Própria de Avaliação), externa no âmbito da UEMG e interna em cada Unidade, com a finalidade de implementar um programa de autoavaliação para estudos e apresentação dos instrumentos para a avaliação. A primeira avaliação institucional ocorreu em 2009 e teve a participação de professores, pessoal técnico-administrativo, alunos e comunidade externa.

A Comissão Externa foi reestruturada no ano de 2010 sendo composta por um servidor de cada Unidade e um representante da Pró-Reitoria de Ensino e Extensão – PROENEX. O segundo processo de avaliação deu-se nos meses de maio e junho de 2010, envolvendo, novamente professores, pessoal técnico-administrativo, alunos e comunidade externa.

Com a finalidade de se adequar às novas necessidades da Universidade, que em 2013 e 2014 absorveu cursos de 07 Fundações de Ensino Superior do Estado de Minas Gerais; e cumprir as determinações estabelecidas no  Art. 11 da Lei nº 10.861 de 14 de abril de 2004, na Portaria nº 2.051 de 09 de julho de 2004 do Ministério da Educação, e na Resolução nº 459/2013 do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais – CEE/MG, publicada em 23 de abril de 2014, Portaria UEMG (Nº 015) e a Lei e Portaria do Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), foi instituída em 2015 na Universidade do Estado de Minas Gerais uma nova Comissão Própria de Avaliação - CPA/UEMG, por meio da Resolução CONUN/UEMG nº 319/2015 de 11 de junho de 2015 e da Portaria /UEMG nº 015 de 12 de junho de 2015 assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada.

Objetivos

A CPA-UEMG encarregará de:

Objetivo Geral

Realizar a autoavaliação da Universidade do Estado de Minas Gerais/UEMG respeitando os princípios do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), com a participação de toda comunidade acadêmica, contando também com instrumentos de avaliação externos, para conhecer, compreender e orientar as ações com vistas à melhoria da qualidade da instituição.

Objetivos Específicos

I - Promover ações de sensibilização para a efetiva participação de toda a comunidade no processo permanente de autoavaliação;

II - Aprimorar o processo de avaliação institucional de forma a proporcionar o envolvimento dos diferentes setores da instituição e da sociedade;

III - Promover e difundir uma cultura de avaliação permanente que permita contribuir para o aprimoramento das ações de planejamento as ações no que diz respeito às atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão da Universidade;

IV - Divulgar as informações advindas da autoavaliação para que possam subsidiar o planejamento das ações da instituição e a integração da universidade com a sociedade.